PIS/PASEP: Entenda Quando Cai o Pagamento e Como Aproveitar Melhor Esse Dinheiro

Introdução

A antecipação do abono salarial PIS/PASEP é uma notícia muito aguardada pelos trabalhadores brasileiros. Com a liberação dos valores, que variam de R$ 118,00 a R$ 1.412,00, muitas pessoas podem contar com um alívio financeiro. Neste artigo, vamos explicar quando cai o pagamento do PIS/PASEP, como consultar se você tem direito e, principalmente, como aproveitar melhor esse dinheiro extra. Além disso, apresentaremos o Meu Consig, uma plataforma que pode ajudar você a potencializar seus ganhos, especialmente se você é trabalhador com carteira assinada.

Sumário

Abono salarial PIS/PASEP foi liberado 15 de junho

O Ministério do Trabalho e Emprego anunciou a liberação de R$ 4,5 bilhões em abonos salariais PIS/PASEP. O pagamento está disponível desde o dia 17 de junho de 2024 para trabalhadores nascidos em julho e agosto. Os beneficiários podem sacar valores que variam de R$ 118,00 a R$ 1.412,00, dependendo do número de meses trabalhados em 2022.

Que horas cai o PIS em junho 2024?

O crédito do PIS, pago a trabalhadores CLT, é geralmente depositado a partir das 09h da manhã na conta da Caixa Econômica Federal. O mesmo acontece com o PASEP, benefício pago aos servidores públicos que o recebem pelo Banco do Brasil. Por isso, é aconselhável verificar a conta pela manhã para confirmar o depósito.

Onde e como sacar?

Os trabalhadores têm várias opções para sacar o PIS. Os clientes da Caixa podem utilizar o aplicativo Caixa Tem para verificar o saldo e fazer transferências e pagamentos. Para saques em espécie, é possível ir até uma agência da Caixa Econômica Federal ou lotérica, apresentando o Cartão Cidadão e senha. Já os servidores que recebem o PASEP podem consultar o saldo e fazer transferências a partir da sua conta no Banco do Brasil, além de realizar o saque nas agências do BB.

Calendário PIS e tabela de pagamento atualizada

O calendário de pagamento do PIS/PASEP de 2024 é organizado de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. Os valores do abono salarial variam conforme o número de meses trabalhados no ano-base, que em 2024 será o ano de 2022. Confira a tabela completa no artigo.

Leia também: Menor Taxa de Antecipação do FGTS: Descubra Como Encontrar a Melhor Opção

Como consultar se vai receber?

A consulta do abono salarial pode ser feita tanto pelo aplicativo Carteira de Trabalho Digital quanto pelo Portal Gov.br. No aplicativo, basta acessar a tela de benefícios e clicar em “Consultar” na parte de Abono salarial. No Portal Emprega Brasil do gov.br, é necessário entrar na sua conta com CPF e senha do Gov.br, clicar em “Abono Salarial” e selecionar o ano-base para verificar se tem direito ao benefício.

Perguntas frequentes

1. Quem tem direito ao abono salarial PIS/PASEP?

Para ter direito ao abono salarial, o trabalhador precisa estar cadastrado no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos, ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante o ano-base, ter exercido atividade remunerada por pelo menos 30 dias no ano-base e ter seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

2. O que fazer se eu não sacar o PIS/PASEP no prazo?

Se o trabalhador não sacar o abono salarial dentro do prazo estabelecido no calendário, o valor retorna automaticamente para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). No entanto, o trabalhador ainda pode solicitar o pagamento do benefício retroativo, referente aos últimos cinco anos, através do e-mail abono.salarial@economia.gov.br.

3. Como funciona o pagamento do PIS/PASEP para quem tem mais de um emprego?

Se o trabalhador tiver mais de um vínculo empregatício, o pagamento do abono salarial será feito considerando a soma dos valores de todas as remunerações, respeitando o limite de dois salários mínimos. O valor do benefício será creditado na conta do emprego mais antigo.

Como o Meu Consig pode ajudar você a aproveitar melhor o seu PIS/PASEP

Se você é trabalhador com carteira assinada e quer potencializar seus ganhos, o Meu Consig pode ser a solução ideal. A plataforma oferece a antecipação do saque aniversário do FGTS, permitindo que você antecipe até 10 parcelas com taxas a partir de 1,29%, enquanto a maioria dos bancos cobra uma taxa média de 1,79%.Ao antecipar o saque aniversário do FGTS, você pode usar esse dinheiro extra para quitar dívidas, investir em educação, realizar reformas em casa ou até mesmo aproveitar o seu PIS/PASEP de forma mais inteligente. O Meu Consig conta com um serviço inteiramente humanizado, onde você será atendido por um especialista que irá ajudá-lo a encontrar a melhor opção para o seu perfil.

Leia também: Melhor Banco para Empréstimo FGTS: Descubra o Meu Consig

Além disso, o Meu Consig possui uma reputação impecável, com mais de 7.200 avaliações de 5 estrelas no Google, 2.200 avaliações de 5 estrelas no Facebook e apenas 3 reclamações respondidas no Reclame Aqui.

Conclusão

O abono salarial PIS/PASEP é um benefício muito aguardado pelos trabalhadores brasileiros, e saber quando cai o pagamento e como consultar se tem direito é fundamental para se planejar financeiramente. Além disso, contar com a ajuda de uma plataforma como o Meu Consig pode ser a chave para aproveitar melhor esse dinheiro extra, especialmente se você é trabalhador com carteira assinada e quer antecipar o saque aniversário do FGTS.

Não perca mais tempo! Cadastre-se em nossa lista exclusiva e tenha acesso às mais baixas taxas do mercado para antecipar o seu saque aniversário do FGTS. Com o Meu Consig, você garante as melhores condições e um atendimento personalizado para realizar seus sonhos com o dinheiro extra do PIS/PASEP. Clique no link e cadastre-se agora mesmo!

Document

Botão WhatsApp